Big data em recursos humanos: como utilizar e quais os benefícios?3 minutos de leitura

Você já ouviu falar no uso de big data em recursos humanos? Apesar de ser uma temática cada vez mais difundida no meio empresarial, é comum que muitos profissionais da área ainda tenham dúvidas em relação a esse assunto.

Acontece que o big data já vem sendo utilizado há bastante tempo em atividades de marketing, operações financeiras, de relacionamento com clientes, entre outras áreas da empresa. No entanto, no setor de RH ele ainda é uma novidade.

Foi pensando nisso que idealizamos este post, que tem o objetivo de esclarecer como utilizar e quais são os benefícios do big data na área de recursos humanos. Para isso, respondemos alguns questionamentos sobre o assunto. Veja, a seguir.

O que é big data?

Big data é um termo em inglês que significa “grande volume de dados”. Trata-se, portanto, de ferramentas que coletam e cruzam dados, gerando informações que podem ser utilizadas de maneira estratégica.

Um exemplo prático do big data ocorre quando acessamos um conteúdo na plataforma de streamming Netflix. Se você assistir a um filme de comédia e outro de terror, esses dados serão coletados e o sistema concluirá que você tem preferência por esses gêneros, e por isso lhe recomendará outros títulos com essa temática.

Como funciona o big data em recursos humanos?

No setor de recursos humanos o funcionamento é parecido, de modo que o volume de dados disponível na internet, em planilhas ou sistemas internos podem ser utilizados para extrair informações valiosas para as atividades de gestão de pessoas.

Se você tem um banco de currículos na empresa e precisa selecionar um determinado perfil de candidato para uma vaga, por exemplo, pode cruzar informações como idade, sexo, formação acadêmica, experiência na área etc. Assim, lhe serão apresentados os currículos de pessoas que têm as características buscadas.

Quais são os principais utilizações do big data no RH?

Além dos processos de recrutamento e seleção, o big data também pode ser utilizado nas empresas em outras ações de recursos humanos. As principais são:

  • retenção de talentos: cruzando dados, é possível obter uma ideia mais concreta sobre os motivos que fazem com que bons colaboradores deixem a empresa. Isso é importante para que sejam tomadas medidas para evitar que isso ocorra;
  • avaliação de desempenho: as ferramentas de big data também permitem que sejam feitas avaliações de desempenho. Entre outras coisas, pode-se buscar saber em que turno ou horário os colaboradores são mais produtivos e entender porque existe improdutividade em outros horários.

Quais benefícios o big data apresenta para o setor de RH?

Entre os principais benefícios que o big data apresenta para o RH está uma gestão mais estratégica e eficaz, uma vez que as atividades burocráticas podem ser feitas automaticamente, de modo em que os profissionais possam se dedicar mais à idealização de estratégias e melhorar a tomada de decisões. Também acontece a redução de erros e dificuldade de encontrar o fit cultural, o que gera uma melhoria contínua na gestão de pessoas.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o big data em recursos humanos, vai implantar essa tecnologia na sua empresa? Em caso positivo, tenha a certeza de que você obterá muitas vantagens. Então, para obter ainda mais sucesso nessa nova etapa, assine nossa newsletter e receba em seu e-mail mais novidades como esta.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo