Cargos de gestão: saiba a importância de identificar o dinamismo3 min read

Quando alguém assume cargos de gestão em uma empresa, precisa ter consciência de que não basta apenas ter habilidades gerenciais e técnicas para administrar uma equipe ou um setor das organizações. Além de conhecimentos técnicos, deve haver dinamismo nas atividades de um gestor.

Para que você consiga entender melhor a importância do dinamismo nos cargos de gestão, elaboramos uma lista com algumas características que denotam esse tipo de comportamento. Desse modo você poderá identificar se as possui e, em caso negativo, desenvolvê-las e se tornar um gestor modelo na sua empresa. Vamos lá?

Liderança

O líder é a própria representação da organização para os seus liderados. É por isso que a forma como um líder se porta deve condizer com a cultura organizacional das lideranças do local de trabalho.

É de responsabilidade do líder fazer com que as metas e os objetivos de determinado setor da empresa sejam cumpridos. Para isso, suas atividades vão além de delegar tarefas: é preciso acompanhar a execução das ações, orientar os colaboradores, se envolver nas dinâmicas do grupo, agir de forma com que os demais funcionários se engajem com a organização etc.

Proatividade

Outro requisito básico para quem assume um cargo de gestão nas empresas é ter proatividade. Ser proativo significa não precisar receber ordens para perceber que algo precisa ser feito. É notar que algo vai acontecer e antecipar soluções para os problemas.

Um profissional proativo se destaca dos demais, pois ele não tem medo de encarar o trabalho e de agir e pensar pelo bem da empresa como se fosse o proprietário do negócio.

Vale lembrar que um líder não deve apenas ser proativo, mas também deve estimular a proatividade entre os seus liderados, de modo que todos trabalhem bem e possam ter a oportunidade de crescer na empresa por meio do desenvolvimento de um plano de carreira embasado em resultados.

Versatilidade

Ser versátil significa se adaptar a diferentes cenários e às mudanças que o ambiente organizacional sofre com o passar do tempo.

O líder de alguns anos atrás, por exemplo, atuava em um ambiente quase que totalmente analógico e com poucas tecnologias. Após o boom da internet, grande parte dos processos passou a ser realizada com o auxílio de ferramentas tecnológicas, e as novas gerações que entraram para o mercado de trabalho dominando tais tecnologias precisaram ser bem recebidas pelos gestores — que se viram obrigados a ser versáteis e se adaptar a esse novo público interno, sem deixar de trabalhar com que já estava na empresa.

Boa comunicação

A comunicação na empresa precisa ser vista como uma via de mão dupla, ou seja, sempre que alguém levantar alguma demanda, precisa ter um retorno. O líder, portanto, precisa estar sempre aberto para conversas e dar feedbacks aos questionamentos dos liderados.

Caso seja necessário, a resposta não precisa ser dada no exato momento, mas você deve deixar claro que buscará se informar sobre o assunto e retomar o assunto assim que possível.

Tais características denotam a importância do dinamismo nos cargos de gestão e devem ser seguidas tanto por quem já está nessa posição quanto por aqueles que são aspirantes a ela. Para que você receba informações que auxiliem a desenvolver essas peculiaridades, assine nossa newsletter! Assim você sempre terá novidades no seu e-mail!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo